Meu nome é passado

Sempre pensei no passado na tentativa de compreendê-lo. Aquele pensamento de que alguma coisa poderia ter sido diferente, poderiam ter sido feitas muitas coisas, que por medo ou vergonha, não se fez. Aí vem o outro lado: Mudar o passado pra quê ? As coisas foram assim, porque simplesmente tiveram que ser assim. Mas será que as coisas tiveram que ser assim, e por isso foram assim ?
Vivo sempre com esse pensamento na cabeça. Me martelando. Como se as palavras tivessem vida própria, e se formassem sozinhas, questionando se eu realmente fiz tudo o que deveria ter feito. Se eu não deixei o medo tomar conta de mim, e me isolei dentro de mim mesma com vergonha de ser feliz. Questionando-me sobre o presente, se eu não estou repetindo os mesmos erros, pra me questionar novamente no futuro. E tudo isso martela na minha mente, como um sino falante e acusador.
É por isso que as vezes a história da vida me dá um pouco de medo. Ela só pode ser contada de uma só maneira, porque de uma só maneira ela foi vivida. Ela não pode ser editada, escrita e reescrita como a que escrevemos no papel, em um livro. E a história da vida não vai morrer se ela não estiver escrita em algum lugar por quê ela vai estar sempre viva na memória das pessoas que a conhecem. A sua história vai ser a sua história, e por mais que as palavras saindo da boca das pessoas a modifiquem, ela sempre vai ser aquela história, sem recortes, sem parágrafos, sem epílogo e somente você decidirá o final.
O passado é um só. É preciso olhar pra ele com orgulho, sem arrependimentos, sem mágoas, apenas com alegria. Apenas com a coragem de dizer: Eu fiz tudo o que eu queria, e até o que eu não desejei, e que mesmo assim, tornou a minha história feliz. Eu realizei os meus sonhos, e já tenho outros para serem realizados.
O passado é a oportunidade de te fazer enxergar que uma etapa foi concluída, que um caminho foi feito, que uma estrada foi percorrida, e que se teve capacidade pra você olhar pro chão e perceber onde você está. Olhar pra cima, olhar pra frente, e perceber pra onde você vai, o que você deseja, e o que você vai fazer dali pra frente.
O passado é alguém que te diz: Olha só onde você esteve, olha só por onde você andou, olha só o que você passou, olhe só onde você está, olha só pra onde você vai. Vá com fé, com força, e quando os problemas da vida te fizerem pensar em desistir, olhe pra mim, o seu passado, e eu te farei relembrar as coisas que você passou pra estar aqui. Hoje. Vivo.
Por: Ludimila Ágatha.
OBS: Todos os direitos reservados. Não é proibido o compartilhamento desde que haja os devidos créditos. Obrigada.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s