Dois curta-metragens que marcaram minha infância

curtra-metragens-infancia-blog-anonimo-provisorio-2017

Minha infância foi muito influenciada pela TV Cultura, único canal que mainha me deixava assistir porque julgava os desenhos dos outros canais inapropriados e violentos pra mim. Eu nem reclamava e adorava toda a programação. Chegava em casa, fazia minhas atividades e ia correndo pro pé da tevê assistir tudo até chegar o Sem Censura da Leda Nagle que passa até hoje, haha. (Só que como eu escrevi esse post 9 meses atrás, infelizmente a Leda não é mais a apresentadora do programa. Sim, uma gestação pra liberar o post. Não me julguem!).

Durante algum tempo, o que dominava os intervalos comerciais eram os curta-metragens. Como a tevê daqui é uma filial (a TVE), eu não sei se os curtas passavam em todo o Brasil, então separei alguns que marcaram minha infância e que eu adorava assistir. Na busca por eles, assisti novamente e matei a saudade ♥

Que Horas São? – (dir. André Pellenz, 2007)

César, um garoto que vive numa pequena cidade onde ninguém mais sabe que horas são, por causa de um forte temporal que danificou relógios e telefones.

É o último dia do ano, e para rever Luiza, a primeira paixão de sua vida, César precisa descobrir as horas para salvar a festa de Ano-Novo. Ele descobre como fazer um relógio de sol, para ajustar um velho despertador, único relógio mecânico com chances de ser consertado. E luta justamente contra aquilo que quer medir – o tempo.

Quem quiser assistir, aqui está o curta completo.

Maré Capoeira – (dir. Paola Barreto Leblanc , 2005)

Maré é o apelido de João, um menino de dez anos que sonha seguir o exemplo do pai e ser mestre de capoeira, dando continuidade a uma tradição familiar que atravessa várias gerações. Um filme de amor e guerra.

O curta metragem está disponível no site Porta Curtas com todas as informações de elenco, roteiro e ficha técnica. Assista aqui.

Existiam outros, inclusive tem um que eu me lembro de algumas cenas mas, infelizmente não consegui lembrar o suficiente pra achá-lo. Esses foram o que eu consegui encontrar.

Quem acompanha o blog a algum tempo sabe que eu já fiz um curso free de cinema, numa biblioteca, em que o foco eram os curtas, inclusive no final do curso seria apresentado como trabalho de conclusão um curta metragem, só que por azar do destino, foi o ano da copa e depois da copa o curso não voltou. Mas meu desejo de produzir um curta nunca acabou. Quem sabe um dia, não é mesmo?

P.S.: Já viram a minha lista 101 coisas para fazer em 1001 dias? Dei uma atualizada linda por lá!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s